OI!!

http://img1.picmix.com/output/pic/original/7/5/0/9/4009057_16559.gif

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

SEU OLHAR

Blog de poesiamor : Poesia e Amor, Seu olhar

 

Seu olhar é como um mar profundo
É praia linda com areia fina
É vastidão que se junta ao céu
É onda mansa indo e vindo
Brincando com as conchas vazias
É atracadouro dos barcos e dos sonhos
É porto seguro de todos os amores
Seu olhar é um mar de águas claras
Onde as evidências estão presentes
É murmúrio de vozes ou será a canção do vento?
Não importa se mar calmo, profundo ou revolto
É o seu olhar que encontro, toda vez que eu vejo o mar.

Fonte: Poesias e Amor

LUZ NA MADRUFGADA


"Luz na madrugada" - Soneto


Das horas, o silêncio de repente posso entender
Vi no acúleo das palavras amarrado meu sonho
Destino impreciso, alheios ao meu frágil saber
E a luz tênue me impede de ver o futuro risonho
Adestro as linhas, e traço versos na madrugada
Como se pontos e vírgulas fossem sujeição à dor
Uso as rimas como escudo, me protejo desse nada
Faço pacto com as palavras, ato lúdico, sonhador
Porque esgoto todo o verbo nessa ânsia de alento
E como quem rege a vida, reputando o pensamento
A chama do candeeiro derruba a noite no horizonte...
Ainda que atras das nuvens, o sol reacende a crença
Molhando a claridade que impõe do dia, a presença
Traz a lucidez das respostas no calor de sua fonte...


Glória Salles

Fonte: Luso Poemas

REFLEXÕES

Por: Paulo Coelho

Fonte: Mensagem de Carinho

OUTROS DIAS DE SOL VIRÃO

Deitada a frente desta janela,
em que está um horizonte
com o sol se pondo,
e o violão largado no cantinho do quarto...
Tarde de verão,
tantas incertezas e solidão,
perguntas?
Ah, estas estão por toda uma vida,
Pensamentos por vezes são confusos,
lê um futuro que se é incerto,
visões turvas,
me remexo na cama,
Mais uma dose deste vinho tinto,
batalhas destas vidas, não se pode ser perdidas,
e como seguir quando se sente tudo perdido ?
Tu na verdade não entendes...
Instantes atrás era somente certezas...
Agora fugimos escondendo-se no medo e indecisões,
e sim! Precisamos de um pouco de ilusão para viver,
Percebes isso?
Porém as vezes penso que é melhor desistir,
mais quando lembro daqueles olhos e gestos,
sorrisos e mãos...
Momentos quantos vividos,
carícias trocadas,
e beijos trocados numa entrega intensa e vital...
E quando penso em teus olhos tristes
parece que dentro desse coração quer sangrar,
Oh meu nego !
Não te enganes,
eu tenho meus segredos,
mas você se perde em seus mistérios,
e não saberei o que te dizer
quando me perguntares o "depois",
Outros dias de sol virão,
e talvez ele trará as verdades e certezas hoje não tidas,
tu sabes onde me encontrar...

Fonte: Luso Poemas

terça-feira, 29 de setembro de 2015

RESNASCENDO

1428921326

 

Depois de um longo e gelado inverno, começa a primavera na Hungria.

Tudo renasce, até mesmo nossa paz interior. As flores começam a brotar: tulipas, cerejeiras, violetas – essas brotam como mato nos quintais, sem cuidado nenhum, e salpicam a grama verde com o seu roxo delicado… Nessa época do ano, a natureza apresenta a delicadeza de um bebê.

As pessoas usam um casaco leve, mas algumas arriscam-se a usar apenas uma camiseta. O ar ainda é geladinho quando bate um vento, mas todos estão ansiosos para sentir o sol e seu abraço quente. Não que ele não apareça no inverno, mas acena de muito longe com seus raios, só agora podemos ter contato com o calor.

Os dias começam a ficar mais longos e depois do trabalho conseguimos apreciar um passeio de bicicleta com as crianças. A praça central fica lotada de pessoas sentadas conversando: nos bancos, nas escadas, no chão e nos cafés por volta. As crianças correm, pedalam, passam de patins e skate.

Ao fundo, temos uma trilha sonora. Não é apenas nos filmes que as ruas europeias soam violino! Violino, violão, harmônica… Qualquer pessoa pode pegar seu instrumento e fazer um showzinho pela cidade. O ar é pura música, cheiro de flor e aconchego de sol.

E nesse ambiente eu sempre volto a me apaixonar pela vida que tenho, nesse lugar tão distante de onde nasci e que me ensinou o significado da saudade. Com a Hungria também aprendi outros significados, aprendi a dar valor a coisas simples, como o calor, depois do frio, a luz, depois da escuridão… Aqui vemos famílias passear e brincar com os filhos no final da tarde, pois são lembradas de que o sol não está sempre lá, convidando a um “happy hour”.

Como não ser grata ao duro inverno, depois que nos faz enxergar essa beleza toda? Faz-me pensar que as vezes é muito bom passar por um período mais difícil, para nos lembrar de que devemos apreciar as primaveras da vida.

Por Carol Szabadkai

Fonte: Curta Crõnicas

OLHANDO O HORIZONTE

Olhando o horizonte


O sol maduro tem aparecido
E eu aqui sentada na margem da tarde
Com o olhar no horizonte, perdido!
Onde o Sol já se esconde e me dá saudade.

Encontro aquém tudo o que me resta
Para trás os ontens, era já remota
O sol se foi e eu perdida na sesta
Com a saudade batendo-me à porta.

Com as mãos cheias de nada
E no silêncio me deixando mergulhar
Já o dia tráz a noite anunciada
Meus olhos procuram sem saber que procurar.

Talvez a luz doce da tarde deitada!?
Ou os raios de sol que o azul furam
Que será que meus olhos procuram?
Vou resvalando no tempo em largas passadas
Descansam em mim lembranças d'outrora
Sonolentas, caladas!
Minha companhia p'la vida fora.

Mas hoje nada têm para me oferecer
O meu peito aberto lhes deu guarida
Talvez quando o sol voltar a nascer
Eu levante da margem da tarde
E volte à Vida.
P'ra falar de saudade.

Rosafogo

Fonte: Luso Poemas

BUSCANDO REALIZAÇÕES

Procurei encontrar meu caminho, que por vezes eram longos.
Outras vezes eram estreitos, silenciosos e algumas vezes estavam enfeitados de flores, outras vezes estavam cobertos de espinhos.
Quantas vezes colhi flores e senti seu perfume, mas houve dias em
que me feri nos espinhos escondidos.
Muitas vezes o frio cortava minha alma, outras vezes o coração.
Mesmo assim, caminhei...
Encontrei dias claros, quando o sol me aconchega,  encontrei dias nublados, quando a chuva me lavava.
Me deparei com a noite vestida de negro, com as estrelas brilhando
no céu. Mas houve dias que exausta, parei pra descansar.
Deixei os pensamentos se alinharem ao horizonte, me fazendo refletir sobre a minha caminhada.
Os sonhos são necessários para se viver, mas, é preciso ir ao seu encontro onde quer que estejam.
Sei que em nenhum lugar vou encontrar realizações, se não for capaz de buscá-las.

Fonte: Love blog

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

TAPO O SOL COM A PENEIRA

 

Tapo o Sol com a peneira


Passei hoje pela Vida
Distraída nem me viu!?
Tempestade enfurecida
Louca minh'alma a sentiu.

Já tapo o Sol com a peneira
Finjo que tudo está bem
Não vá a Morte e não queira
Aparecer por aqui também.

Pôs-se o Sol hoje à tardinha
Nem o vi, fiquei triste a olhar
Tapou-o uma nuvem que vinha

E ensombrou o meu bem estar.
A Vida a sinto perdida
Das minhas entranhas se rompeu
Já de mim anda esquecida

Me perdi, ou me perdeu.
Dizem que a Vida é grande
Mas eu acho grande a tristeza
Quando minha alma se expande

É a minha maior riqueza.
A Vida é lição estudada
Prontamente lição sabida
Passei hoje por ela, cansada!
E ela por mim, esquiva.

E assim mais um dia passa
Tal como outros nada perfeito
É grande a mágoa que grassa
E deixa a dor no meu peito.


Rosafogo

CARINHO

 

Fonte: Mensagens de Carinho

LINDA MANHÃ!

 

Linda Manhã
Sob os pés sinto a grama molhada
Do sereno que caiu na madrugada
O sol já começa a despertar
Prometendo mais um dia iluminar
Um colorido beija-flor está pousado
Num raminho do ibisco no jardim
Docemente pela brisa embalado
Que beija suas plumas de cetim
As flores seus perfumes exalando
Salpicadas ainda pelo orvalho
A bela manhã estão saudando
Passarinhos gorjeiam lá no galho
Acordar numa manhã assim
É ter o céu perto de mim.


Carol Carolina

Fonte: Luso Poemas

domingo, 27 de setembro de 2015

AMIGOS

 

DESTINO, AMOR E BORBOLETAS

Por Carol Szabadkai

Eu sempre acreditei em sonhos, destino, amor e borboletas.

Não acredito que o destino esteja de tal forma traçado, que sua vida esteja totalmente esquematizada desde o momento em que nasceu e condenada a vive-la da maneira que lhe foi imposta, mas acredito num destino de possibilidades. Acredito que certas coisas são determinadas a passar por nossa vida e você escolhe olhar para elas ou não, segui-las ou não. Uma das escolhas do destino, em minha teoria, seria o verdadeiro amor.

Talvez eu tenha inventado tudo isso pelo simples fato de não poder aceitar que encontrei meu amor por acaso e que, por acaso, eu talvez pudesse simplesmente não ter parado meus olhos nos dele. Como viver com essa possibilidade?

O GOSTO DO BEIJO

"O gosto do beijo"

"O gosto do beijo"
E é assim...
A mesmice apaga o fogo, e frios...
caminhavam.
Fugindo de envolvimento.
Desacreditavam...
Até a libido congelou..
Mas de um ponto qualquer do mundo
o sol a presenteou
Com esses olhos tristes de menino perdido
Que agora se achou...
Amor...
Coisa louca, ilumina
Na sequência, desatina.
E foi assim...
Dia apos dia...
Ela, que já não acreditava,
para crer que seria possível
Teve que digerir que não era mais
sozinha.
Envolvimento maior a cada dia...
De repente, tudo muda , a uma pessoa
pertencia...
E com esta tal de saudade...
Sabia que conviveria.
Agora?!
Vai pra cama.
Presença viva na memoria.
Na boca a vontade do gosto do beijo
Na pele...
Queria tatuado o corpo dele.


Glória Salles

Fonte: Luso Poemas

E QUANTAS VEZES TENTAMOS ENTENDER O PORQUE

 

E quantas vezes tentamos entender o porque de

certas coisas acontecerem em nossas vidas

e Deus fica em silêncio.

Isso é quando somos provados, é Deus calculando

nossa fé e usando a nossa força como escudo.

Nossos temores nos impedem de ver pelos

olhos da fé o agir de Deus.

É Deus nos ensinando a viver, nos preparando para

as batalhas e forjando o nosso caráter.

Não precisamos entender, precisamos confiar.

Yla Fernandes

Fonte: Sentimentos em Poesias

sábado, 26 de setembro de 2015

FIM DE SEMANA

A GENTE PENSA TANTO NO DEPOIS

 

A gente pensa tanto no depois, mas o depois só

acontece mais pra frente.

Dele, ninguém sabe. Por isso, é tão importante

a gente focar no hoje, no agora, senão a vida

acaba passando sem você perceber e, de fato, viver.


Clarissa Corrêa

Fonte: Sentimentos em Poesias

CHEGARÁ UM DIA NO QUAL OS HOMENS

 

Chegará um dia no qual os homens conhecerão

o íntimo dos animais; e nesse dia,

um crime contra um animal será

considerado crime contra a humanidade.


Leonardo da Vinci

Fonte: Sentimentos em Poesias